icondominial

Em dia com os elevadores

4 de agosto de 2017

Tags: ,

Manutenção adequada e trocas periódicas evitam transtornos com o meio de transporte essencial ao condomínio Ele sobe e desce o dia todo e, quando cansa, pode até parar com alguém dentro, causando dores de cabeça para síndico e demais moradores. Com um número cada vez maior de andares, o que seria de um condomínio de […]

Manutenção adequada e trocas periódicas evitam transtornos com o meio de transporte essencial ao condomínio

Ele sobe e desce o dia todo e, quando cansa, pode até parar com alguém dentro, causando dores de cabeça para síndico e demais moradores. Com um número cada vez maior de andares, o que seria de um condomínio de apartamentos sem um elevador?

É fundamental, portanto, que se faça manutenção adequada, troca periódica e também que se esteja atento às novidades deste mercado na hora de substituí-lo.

Cuidando do velhinho – A manutenção de um elevador deve ser realizada pelo menos uma vez ao mês por uma empresa cadastrada e devidamente regulamentada junto ao Crea – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia. É preciso seguir um checklist, que inclui ajustes preventivos e lubrificação.

É durante estas visitas que um especialista consegue detectar eventuais problemas.  Foi o que ocorreu no condomínio onde mora, em São Paulo, a professora Claudete Alves.

“Em uma dessas inspeções o técnico constatou que um dos cabos estava prestes a se romper e fez a troca imediata da peça”, conta.

A vida útil dos modelos bem cuidados pode chegar aos 30 anos. Mas se um elevador começar a apresentar falhas constantes é melhor efetuar a troca e prezar pela segurança dos moradores.

Reformas em elevadores muito antigos não são aconselhadas. “Eles já não atendem às normas atuais, além de utilizarem tecnologia obsoleta, dificultando a verificação e reparo das falhas e problemas com peças de reposição”, explica Gustavo Câmara, diretor da Ergo Elevadores.

Rumo ao novo – Quando o condomínio estiver avaliando a troca de elevador, vale a pena dar uma olhada no que há de novo no mercado.

Gustavo Câmara explica que hoje existe a possibilidade de se instalar variadores de frequência, por exemplo, que comparados aos de duas velocidades dos elevadores antigos, proporcionam grande economia de energia.

“Além disso, já é possível a instalação de elevadores com regeneração de energia, aproveitando a energia parada na frenagem como alimentação da máquina”, completa.

Sistemas inteligentes de atendimento às chamadas, pesadores de carga, máquinas sem engrenagem e botoeiras com leitores biométricos também são novidades do mercado de elevadores, que anda cada vez mais preocupado com a segurança do usuário e com a questão da sustentabilidade.

Outra novidade é o elevador pneumático, recomendado para até quatro andares. De pequeno porte, ele é uma cápsula hermética que funciona para cima e para baixo com apenas uma diferença de pressão.

Utiliza uma tomada 220 V e, na descida, não precisa de energia elétrica.  Não é necessário cavar fosso e a instalação é feita em somente dois dias.

Para poupar energia

  • Havendo dois elevadores no mesmo hall deve-se chamar apenas um. Verifique a possibilidade de fazê-los atender a grupos diferentes de andares (pares e ímpares)
  • As crianças devem ser orientadas a não apertar todos os botões do painel e não fazer do elevador objeto de recreação
  • Não sobrecarregue o elevador, respeitando o número máximo de passageiros indicado na cabine. Além de ser transportado com segurança, você evitará danos ou queima do motor
  • Para subir um andar ou descer dois, procure utilizar as escadas. Um pouco de exercício é saudável e não faz mal a ninguém
  • Estude a possibilidade de instalar um sistema de acionamento mais eficiente para os elevadores. Consulte o fabricante
  • Estude a possibilidade de desligar diariamente, de maneira alternada, um dos elevadores, no horário de menor movimento e utilização (por exemplo, das 22 às 6 horas, nos domingos e feriados)
  • É importante obter a cooperação dos condôminos, esclarecendo-os quanto aos objetivos e benefícios a serem alcançados

Fonte: Eletrobras

Publicado em Inovação, Sustentabilidade por iCondominial | Nenhum comentário

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Tecnologia Notebem Tecnologia Hotvia