icondominial

Levar compras do carro até o apê deve ser um procedimento normal. A não ser que inexista bom senso Todo mundo precisa fazer compras no supermercado em algum momento, e tirar do carro uma série de sacolas requer o uso de um carrinho para facilitar o transporte até o apartamento. É o carrinho que evita, […]

Levar compras do carro até o apê deve ser um procedimento normal. A não ser que inexista bom senso

Todo mundo precisa fazer compras no supermercado em algum momento, e tirar do carro uma série de sacolas requer o uso de um carrinho para facilitar o transporte até o apartamento. É o carrinho que evita, por exemplo, que um tira e põe de compras mantenha o elevador do prédio parado por muito tempo, gerando uma série de reclamações dos moradores.

Mas o que pode ajudar também vira motivo de conflito, quando regras não são respeitadas. Apesar de o carrinho ser de uso comum em qualquer edifício, alguns moradores abusam deste direito, cabendo aos funcionários e administradores do condomínio manter o controle.

“A maioria dos moradores utiliza o carrinho com consciência, mas usamos cartões de identificação para controlar o uso”, afirma a síndica Ligia Herrero, ressaltando que em seu prédio nunca foi necessário anexar nenhum tipo de aviso.

Além do cartão de identificação, há a possibilidade de se usar cadeados com chave, que podem ficar com os funcionários e serem requisitadas quando houver necessidade.

Falta de carrinho e de controle – A falta de controle do uso e a quantidade menor do que a necessária de carrinhos podem gerar problemas. Foi o que aconteceu no condomínio da estudante Sabrina Araújo. “Aqui no condomínio há três prédios, mas no começo só tinha um carrinho”, explica.

“Um dia eu cheguei das compras e tive que levar tudo nos braços porque alguém tinha levado o carrinho e o porteiro não sabia onde estava.”

Depois de algumas reclamações por parte dos moradores, o condomínio decidiu adquirir dois carrinhos para cada prédio e a situação foi resolvida.

Como manter a organização

  • É preciso controlar o uso do carrinho de alguma forma. Se os funcionários não sabem qual morador está com ele, provavelmente isso será motivo de muitas reclamações
  • Vale manter o carrinho guardado em algum lugar em que só os funcionários tenham acesso. Dessa forma os moradores não poderão pegá-lo sem avisar
  • Se não houver cartão de controle é recomendável que se marque as saídas do carrinho em algum lugar, deixando anotado ao menos o número do apartamento e o horário em que foi pego
  • O morador que utilizou o carrinho deve devolvê-lo ao lugar correto. Para fazer a regra valer é possível colocá-la no mural ou elevador

Publicado em Convivência & Vizinhança por iCondominial | Nenhum comentário

Deixe um comentário

Tecnologia Notebem Tecnologia Hotvia